O presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Sorocaba, Salatiel Hergesel, que foi filiado ao Partido Comunista do Brasil, foi novamente condenado a pagar indenizações por ofensas nas redes sociais.

Quem venceu dessa vez foi o primeiro suplente do PSL, Vinicius Rodrigues (PSL), onde foi xingado nas redes sociais por Salatiel, com palavras injuriosas contra a sua profissão médica e a sua pessoa.

As ofensas sofridas por Vinicius Rodrigues (PSL), aconteceu dentro do Facebook da atual Prefeita de Sorocaba Jaqueline Coutinho (PDT), xingando diretamente Vinicius e usando palavras de baixo calão contra ele.

Segundo a decisão do Juiz Douglas Augusto dos Santos, o Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Sorocaba, deve ser condenado ao pagamento de R$ 8.000,00 além das despesas, juros e honorários advocatícios derivados da sucumbência.

O Juiz cita em sua decisão que críticas mesmo que duras, são aceitas e não configuradas como crime contra a honra, mas, chamando de imbecil ou atacando diretamente valores como profissionais de medicina, configura-se crime contra a honra e assim decidiu a condenação por estes comentários:

Neste fato a vice-prefeita na época Jaqueline Coutinho (PDT), defendeu a posição de Salatiel Hergesel, chamando inclusive de “meu caro presidente” do Sindicato de Servidores Públicos de Sorocaba.

Salatiel tem a partir de amanhã (10) o prazo de dez dias para recorrer da decisão judicial.

Ao questionar Vinicius Rodrigues (PSL), se estava satisfeito com o resultado e respondeu “foi feito justiça”.

Salatiel além da ação de Vinicius Rodrigues, tem uma outra por danos morais contra ele, segue a pessoa que processou e valores

  • José Crespo – R$ 20.000,00
  • José Crespo – R$ 20.000,00 (outra ação)
  • Fatima Almeida – R$ 15.000,00
  • Vitão do Cachorrão – R$ 30.000,00
  • Wanderley Diogo – R$ 20.000,00

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui