Hudson Pessini é denunciado e afastado do Conselho de Ética podendo ser cassado

0

O vereador Hudson Pessini (MDB), foi denunciado por um morador de Sorocaba ao Conselho de Ética da Câmara de Vereadores de Sorocaba, sendo imediatamente afastado das reuniões referente a Ética e Decoro Parlamentar.

A denúncia realizada por um munícipe usou a notícia publicada pelo Sorocabano.com, sobre o parlamentar mesmo ganhando rendimentos acima de R$ 12 mil, ter declarado pobreza em um processo judicial que se defende contra a ex-assessora Tatiane Polis, que afirmou que a mesma estava no cargo por favores sexuais com o Prefeito.

Em contato com o Presidente da Comissão de Ética, Anselmo Neto (PSDB), explicou que o documento estará disponível para a imprensa após a reunião que será realizada amanhã (9), quando será encaminhado ao denunciado uma cópia, dando um prazo de 15 dias para uma especie de defesa prévia.

Após esse prazo uma nova reunião do Conselho de Ética, vai analisar se o fato do parlamentar ter apresentado um atestado de pobreza em processo judicial, fere o código de ética da Câmara. Dando prosseguimento ou arquivando a denúncia do munícipe.

Segundo o Regimento Interno da Câmara de Vereadores, a quebra de decoro, pode levar a cassação de mandato, por ser uma falta grave, já que a declaração poderá pode ser interpretada pelos colegas parlamentares como um documento falso.

O presidente da Comissão de Ética, afirma que o caso poderá ser analisado apenas em Fevereiro de 2020, após o recesso parlamentar, adiantou que caso exista a convocação de um Sessão Extraordinária, conseguindo reunir os demais membro da Comissão, poderá antecipar a reunião e decidir pelo prosseguimento da denúncia ou arquivamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui