Hospital de Campanha com gasto previsto de milhões é fiscalizado pelo mozão 💔

0

Por: Rafael Sarti

Em uma cidade do interior, onde a Prefeita, em estado de calamidade pública pode gastar dinheiro público com maior facilidade, sem travas, sem bloqueios e com maior flexibilidade. Contrata uma empresa no valor de R$ 843 mil, sem a compra ter sido divulgado antecipadamente, denunciada afirma que um site de notícia está mentindo.

O relator que fiscaliza a implementação e o gasto público é o mozão, o namorado ou namorido. O mesmo que livrou a Prefeita da cassação de seu mandato, com o voto decisivo, também é o mesmo relator que pediu pela cassação do Prefeito.

Se vivêssemos em uma cidade séria, legalista, com vereadores atuantes, jamais estas coisas seriam aceitáveis. Porém nesta cidade pode tudo, afinal, a Prefeita hoje tem grande parte dos vereadores na mão. Cargo para marido, indicação para fulano, secretaria para beltrano e assim vai a cidade sem fiscalização.

Qual a cidade estou falando?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui