Cidade de Porto Feliz estabiliza mortes e permanece flexibilização graças a Hidroxicloroquina

1

Um dos únicos municípios do país, seguiu a orientação do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro, que baseou sua teoria, no Didier Raoult que é um médico e microbiologista francês especializado em doenças infecciosas, criado da Unidade Rickettsia na Universidade de Aix-Marselha. Ele também ensina doenças infecciosas na Faculdade de Medicina da Universidade de Aix-Marselha

Em Porto Feliz – SP a decisão de entregar um kit contra o Covid-19, composto de Hidroxicloroquina, Azitromicina, Celecoxibe e Metoclopramida. Fez com que os moradores daquele município não seja surpreso com mortes. Estabilizado em 3 mortes a mais de um mês e apenas ocupação de 4 leitos de UTI.

A cidade segue o protocolo defendido pelo PHD Didier Rauolt e Bolsonaro. Já nos primeiros sintomas de covid-19, o paciente deve procurar ajuda médica, chegando no local recebe um kit, denominado como “kit covid-19” e trata-se em casa.

Graças a este protocolo próximo de 30 dias sem novas mortes e redução do uso de leitos de UTI da cidade. A terceira morte ocorreu no dia 26 de maio e essa reportagem está sendo realizada no dia 22 de junho e o número de mortos continua a mesma.

Quando Sorocaba em 5 de maio de 2020 tinha 172 casos confirmados de Covid-19, haviam 23 óbitos confirmados. Já a cidade de Porto Feliz – SP, chegou agora 176 casos com apenas 3 mortes, usando da hidroxicloroquina.

Nenhuma descrição de foto disponível.
Nenhuma descrição de foto disponível.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui