Jaqueline Coutinho abusa do poder judiciário para censurar propaganda e imprensa

0

A candidata Jaqueline Coutinho (PSL) vem abusando do poder judiciário eleitoral para censurar propaganda, imprensa e jornalistas independentes que realizam qualquer tipo de crítica contra a sua candidatura ou condutas públicas.

Na última decisão judicial que a coligação de Jaqueline moveu contra o PSDB de Maria Lúcia, foi para retirar um vídeo que retrata fatos conhecidos da trajetória de Jaqueline. Como o caso marido de aluguel, afirmação que não seria candidata e máscaras superfaturadas.

Para os advogados de Jaqueline a candidata teria sido atacada com inverdades. Mas a Juíza de Direito Margerete Pellizari, afirmou que é livre a manifestação do pensamento, somente possível de limitação quando ocorrer ofensa à honra de terceiros ou divulgação de fatos sabidamente inverídicos, que não é o caso dos autos, pois divulgados na mídia, inclusive eletrônica.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui