Espetáculo da esquerda e a falha do Ministério Público em Sorocaba sobre tratamento precoce

1
Iara Bernardi, Francisco França, Fernanda Garcia, Salatiel Hergesel e a Promotora Cristina Palma

Os vereadores de esquerda querem fazer espetáculo com medidas assertivas de Rodrigo Manga (Republicanos). A vereadora Iara Bernardi (PT) comemorou nas redes sociais que uma representação dela e dos vereadores Fernanda Garcia (PSOL), Salatiel Hergesel (PDT) e seu companheiro Francisco França (PT) fez a promotora Cristina Palma, determinar a retirada de qualquer propaganda da Prefeitura de Sorocaba sobre o uso do tratamento precoce em Sorocaba contra a Covid-19.

Na mensagem Iara Bernardi afirma que “Uma vitória da saúde! Uma vitória da ciência! Uma vitória de Sorocaba!”.

Ocorre que a promotora de justiça Cristina Palma (última da foto), ignorou um protocolo que mostra estudos científicos e defesa de médicos em favor do tratamento precoce. O protocolo foi entregue a Promotora no dia 25 de março de 2021 e até o exato momento não foi fornecido nenhum parecer sobre e ainda determinou a retirada da propaganda.

O despacho determinando a retirada aconteceu no dia 15 de abril de 2021 e não teve o protocolo analisado até o momento.

O protocolo foi registrado sob o número 663/2021. O autor cobrou o parecer da promotoria que até o momento não foi respondido, mas, a promotora já determinou a retirada de qualquer publicidade sobre o tratamento precoce. Na resposta a cobrança recebeu o seguinte e-mail:

O protocolo foi ignorado pela Promotora Cristina Palma e levou em consideração outros protocolos descartando aquele que demonstrava documentalmente que o tratamento precoce havia fundamento científico e apoio de parcela de médicos.

No protocolo enviado a Promotoria escrito por Rafael Sarti, demonstra que os médicos em todo o Brasil e no Mundo defendem o uso de tratamento precoce, que é facilmente confundido por aqueles que tem sede de política, por tratamento profilático, quando o paciente usa o remédio antes de ter a doença. O tratamento descrito por “tratamento precoce” é o tratamento dado nos primeiros sinais e sintomas, antes que haja o agravamento da doença.

No documento enviado a promotora de justiça Cristina Palma, sites como https://c19study.com/ foram entregues e explicados sobre testes e um compilado de estudos em todo o mundo.

Um dos estudos no site mostra que o tratamento precoce tem redução de 81% das mortes e médicos e cientistas defendem também o tratamento profilático que reduz a mortalidade em 85% dos casos. Os cientistas que reuniram todas as informações falam que a probabilidade de um tratamento com resultados negativos serem validados com todos os dados colhidos é muito baixo, cerca de 1 em 85 trilhões.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui